Home / Notícias / Centro de Visitantes Paineiras, no Parque Nacional da Tijuca, recebe a 6ª edição do Avistar Rio, evento de observação de aves

Centro de Visitantes Paineiras, no Parque Nacional da Tijuca, recebe a 6ª edição do Avistar Rio, evento de observação de aves

Evento de observação de aves acontece nos dias 9, 10 e 11 de novembro e reúne fotógrafos, observadores e apaixonados pela causa animal

Você pode não saber, mas para milhões de pessoas mundo afora o verbo “passarinhar” existe e é muito conjugado. A contemplação dos pássaros em seu habitat natural reunirá centenas de pessoas no Centro de Visitantes Paineiras — no Parque Nacional da Tijuca — nos dias 9, 10 e 11 de novembro, para a sexta edição do Avistar Rio. O maior encontro da área no país reúne pesquisadores, gestores ambientais, artistas plásticos, fotógrafos e entusiastas da causa animal com o objetivo de estimular a atividade de observação e fotografia de aves e a visitação pública consciente dos parques nacionais, além de celebrar a biodiversidade.

Organizado pela Associação dos Fotógrafos da Natureza (AFNatura), Instituto Estadual do Meio Ambiente (INEA) e Avistar Brasil, o encontro terá palestras e oficinas, além de exposição fotográfica. Representantes do Grupo Cataratas, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), de organizações sociais como SAVE BRASIL, COA-RJ e do Espaço Silvestre, pesquisadores e observadores já estão confirmados para as palestras e mesas redondas.

— A rica biodiversidade brasileira estimula a observação de aves em seus habitats no país. Além de ser prazeroso ver e escutar os pássaros, o birdwatching(como a atividade é conhecida no exterior) ainda propicia um trabalho relevante de educação e conservação — destaca Fernando Sousa, diretor Institucional e Sustentabilidade do Grupo Cataratas, responsável pela gestão de visitação dos Parques Nacionais da Tijuca, do Iguaçu e do Parque Marinho de Fernando de Noronha.

Passarinhar, um verbo ainda desconhecido

O Estado do Rio de Janeiro registra mais de um terço das mais de 1.900 espécies de aves de todo o território nacional. O Brasil é o segundo país em diversidade de aves no planeta, ficando atrás apenas da Colômbia.

Um dos momentos mais aguardados, as “passarinhadas” prometem entusiasmar o público que estiver presente no evento. Marcadas às 7h, do sábado dia 10, e domingo, dia 11, elas poderão proporcionar a observação de cerca de 260 espécies de pássaros que vivem no setor de floresta do Parque Nacional da Tijuca. O ponto de encontro será o alpendre do Centro de Visitantes Paineiras e a observação será feita nas trilhas que ficam próximas.

O Birdwatching no Brasil

A prática de birdwatching como turismo começou na década 60. Os ingleses destacam-se na observação, mas o interesse entre os brasileiros tem crescido cada vez mais. Hoje, são cerca de 30 mil observadores em todo o país.

— Temos o potencial de chegar a 100 mil adeptos da atividade, se incluirmos as diferentes modalidades que fogem ao escopo tradicional de turismo, como ofeedwatchers, categoria em que se enquadram as pessoas que mantém comedouros de pássaros — observa Guto Carvalho, coordenador do Avistar Brasil.

Segundo o Ministério do Turismo, o Brasil tem mais de 50 destinos de ecoturismo que promovem a observação de pássaros.

Dicas para observar aves

Caminhar lentamente;
Usar roupas discretas;
Evitar movimentos bruscos;
Respeitar a distância mínima permitida para que o animal não se sinta ameaçado;
Usar binóculo ou uma câmera fotográfica;
Associar-se a um clube de observadores de aves;
Participar de comunidades online, como WikiAes (www.wikiaves.com.br);
Observe as aves diurnas ao amanhecer e, as noturnas, ao entardecer.

Programação Avistar Rio 2018
Sexta, 9 de novembro

19h – Abertura do Avistar Rio

Sábado, 10 de novembro

7h – Passarinhada no Parque Nacional da Tijuca;
9h – Plantio de mudas;
9h – Oficina de Condutores de Trilha – Tietta Pivatto
10h – Exposição “Modelos didáticos para ensino de Biologia”;
10h às 11h30 – Palestras
· Fotografando aves amazônicas com bridge camera – Aisse Gaerter;

· Cristo Redentor: as aves do entorno – Ana Aroeira;

· Povos indígenas – Viviane Cunha/ Secretaria de Educação de São Félix do Xingu (PA);

· Aves do Campo de São Bento – Alessandro Alegretti.

13h – Vídeos: “As aves através da janela”.
13h30 – Projeção de fotos selecionadas pelo Clube de Observação de Aves (COA- RJ);
14h – Oficina Ilustração de aves para crianças – Lucas Henrique
14h às 16h30 – Palestras
Unidades de Conservação para a Avifauna Fluminense – Paulo Schiavo INEA;
Centro de Reabilitação de Animais Silvestres em Unidades de Conservação – Eduardo Lardosa;
RioZoo e conservação – Fernando Souza;
Projeto Pássaro Solto – Diogo Luiz;
Rede Brasileira de Trilhas – Pedro Cunha Menezes.
16h30 – Mesa redonda – Parques para todos, com Fernando Souza (Grupo Cataratas), Kika Bradford (Confederação Brasileira de Montanhismo e Escalada) e Pedro Cunha Menezes – ICMBio

Domingo, 11 de novembro

7h – Passarinhada no Parque Nacional da Tijuca;
9h – Plantio de mudas;
9h – Oficina de Condutores de Trilha – Tietta Pivatto
10h – Oficina Ilustração Naturalista – Gustavo Marigo
10h às 12h – Palestras
Aves Extintas no Estado do Rio de Janeiro;
Astrofotografia – Carlos Fairbairn;
Plantas que atraem aves – Jovani Monteiro;
AquaRio – Marcelo Szpilman;
Programa Amigos da SAVE – Alecssandra Tassoni.
13h Vídeos: “As aves através da janela”.
13h30 – Projeção de fotos selecionadas pelo Clube de Observação de Aves (COA- RJ);
14h Oficina Gravação e tratamento – Gabriel Mello
14h às 15h30 – Palestras
Régua – Nicholas e Raquel Locke;
Abrolhos, entre aves e baleias – Marco Terranova;
Atento ao Céu e na Trilha – Guilherme Jones;
Birdwatching e mudança social – Daniel Cywinski;

16h – Mesa redonda – Refaunação, com participação de representantes dos projetos “Volta Guará” (Bruno Cid/INEA), “Refauna” (Maron Galliez/ LECP-UFRJ), “Reintrodução da Jacutinga” (Alecsandra Tassoni/ SALVE- BRASIL) e “Papagaio-do-peito-roxo” (Vanessa Kanaã/ Espaço Silvestre)

Mais informações sobre o evento: http://avistarbrasil.com.br/av19/index.php/avistar-rio

Serviço

AvistarRio 2018

Datas: 9,10 e 11 de novembro

Local: Centro de Visitantes Paineiras (Estrada das Paineiras, s/n)

Como chegar: As vans oficiais que chegam até o Centro de Visitantes Paineiras saem de dois pontos da cidade: Copacabana e Largo do Machado. Também épossível chegar de táxi ou Uber.

Preço vans oficiais: Saídas Copacabana e Largo do Machado: R$33,00

Horário de funcionamento das bilheterias: Das 8h às 17h

Informações: www.paineirascorcovado.com.br

Fonte: Approach Comunicação – www.approach.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *